Arquivo do mês: janeiro 2013

Cachaçaria Weber Haus elabora blending histórico de sua 1ª cachaça 12 anos

Weber Haus 12 anos
Rótulo Lote 48 Extra Premium terá edição limitada de 2.000 feita por especialistas

A Cachaçaria Weber Haus prepara o lançamento da sua vida, que este ano chega a 65 anos de empresa e 165 de tradição na elaboração de destilado de cana de açúcar. Uma cachaça artesanal de alambique, envelhecida 12 anos – seis deles em madeira de bálsamo, seis em carvalho francês – elaborada por especialistas reconhecidos pela excelência em degustação de destilados. São eles que escolherão o blend exclusivo a partir da cachaça guardada em 18 pipas. O resultado será um produto único, de colecionador, com apenas 2 mil unidades numeradas. O evento inédito – a escolha do blend– ocupará o alambique e os porões de armazenamento da empresa em Ivoti, na chamada Rota Romântica do Rio Grande do Sul, entre 24 e 26 de janeiro de 2013.

É assim que será elaborado o rótulo Lote 48 Weber Haus 12 Anos Extra Premium, que abrirá 2013 como o principal lançamento da história da cachaçaria. Com direito até a certidão de nascimento. “Cada convidado provará a amostra de uma pipa. Depois de chegarem a um consenso quanto ao melhor blend, a cachaça será engarrafada em público, logo no dia seguinte. Vamos registrar todo processo em ata, para que fique certificado”, revela o diretor Evandro Luís Weber.

Cada participante do blending será recompensado com um exemplar da própria obra – devidamente timbrado com o numeral 0000. A garrafa 0001 será preservada, para futuramente ir à leilão, enquanto a de número 2000 ficará no acervo da empresa. As restantes serão comercializadas em escala de raridade. Evandro explica: “A unidade 1999 será vendida a R$ 701. A partir daí, o preço aumenta em R$ 1 a cada garrafa numerada em ordem decrescente, até atingir R$ 2.699,00, na de número 0002”.

No que tange às garrafas, aliás, cada uma delas foi produzida de modo artesanal, a partir de sopro de vidro reciclado, com dois dias de fornalha. O design é único e personalizado. Para arrematar, todas as peças que ornamentam a embalagem são banhadas a ouro 18 quilates.

Os requintes de apuro e exclusividade no produto foram estabelecidos pelos representantes da quarta geração da família em solo brasileiro para homenagear toda dinastia – que começou a elaborar cachaça no mesmo alambique em 1848.

Hugo e Eugênia Weber, que conduziram o processo de constituição formal da empresa e inauguraram o catálogo comercial com o rótulo Primavera, em 1968, serão os convidados de honra dos filhos Eliana, Mariane, Edete e Evandro, com as respectivas famílias, durante o blending.

“O que eles começaram com a Primavera, tornou-se a marca Weber Haus. O Lote 48 é o nosso reconhecimento ao trabalho deles e o reconhecimento da Weber Haus aos apreciadores da melhor cachaça produzida na mesma terra onde chegaram nossos antepassados”, conclui Evandro Weber.

A parte triste dessa história é que dificilmente eu vou poder provar desta garrafa.


%d blogueiros gostam disto: