Arquivo do mês: maio 2010

Boazinha

É muita modéstia !!!

Essa cachaça sempre figura entre as melhores em qualquer avaliação. Ou seja, boazinha é pouco, é BOA mesmo !

Repousada por dois anos em tonéis de bálsamo, possui cor, aroma e sabor característicos. Legítima representante de Salinas.

——————————————————————————————————

Cor: amarela
Viscosidade: média
Aroma: levemente adocicado
Sabor: amadeirado
Madeira: Bálsamo
Graduação: 42%
Apresentação: garrafas de 50, 120, 300, 600, 670 e 1000ml

http://www.vivaseleta.com


Lua Cheia

“Êta vidinha da boa
Que ela me chama
Tira uma onda comigo
Me leva na boa
Cama de gata
Parece dona
Êta vidinha sacana
E ela é à toa…”

Essa é a primeira estrofe da música LUA CHEIA da banda PAPAS DA LÍNGUA. E não é que ela parece festejar justamente as coisas boas da vida?

Uma delas é essa purinha que tem o doce sabor da cana e a mais rica tradição de minas.

——————————————————————————————————

Cor: branca
Viscosidade: média
Aroma: levemente adocicado
Sabor: suavemente alcoólico
Graduação: 45%
Apresentação: garrafa 600ml

http://www.cachacaluacheia.com.br/
obs.: o domínio existe mas não atende…


Caipirinha de abacaxi

Afinal, se caipinha é de limão, a de abacaxi é caipirinha ou não?

Bom, sempre haverão puristas afirmando que caipirinha, só de limão. Que as de outras frutas são batidinhas.

Eu prefiro outras definições para diferenciar os drinques:

“Caipirinha” é  feito com cachaça e frutas esmagadas.

“Batidinha” é  feita com polpa ou concentrado de frutas ou ainda outro ingrediente que adicione sabor.

Assim, o limão, abacaxi, maracujá ou morango podem render tanto para fazer uma boa caipirinha quanto para uma deliciosa batidinha. Lembrando que as melhores caipirinhas são feitas com frutas cítricas

E uma boa caipirinha de abacaxi começa pela escolha de uma boa fruta. Doce e não muito madura. Se for uma fruta “aguada” e sem sabor, a bebida definitivamente não ficará boa.

PASSOS:

  1. Descasque o abacaxi e divida-o em cinco ou seis partes. Lembre-se que a casca tanto pode render um bom chá como ainda servir para fazer um delicioso licor.
  2. Pique uma das partes em pedaços não muito pequenos, coloque no copo adicione  uma colher de açucar e esmague com o pilão.
  3. Deixe descansar por alguns minutos, isso apura o sabor da bebida.
  4. Acrescente o gelo e finalmente a cachaça, sempre branca. Nunca use cachaça envelhecida ou descansada para fazer caipirinhas. Elas alteram o sabor do drink além de serem um desperdício gustativo.

DICA: Se estiver fazendo várias caipirinhas para servir numa festa, a dica é preparar vários copos até o PASSO 3 e colocá-los no congelador. Na hora de servir bastará retirar do congelador, adicionar uma dose de cachaça e algum gelo adicional.

ATENÇÃO: Essa dica NÃO funciona para a tradicional caipirinha de limão.


Agablana

Produzida em Ponto Chique-MG, esta cachaça surpreende pelo sabor tradicionalíssimo da pura cachaça.

Sabor e aroma  marcante de cana de açucar, sem ser excessivamente doce ou alcoólica.

——————————————————————————————————

Cor: amarelo claro
Viscosidade: média
Aroma: levemente amadeirado
Sabor: suavemente amadeirado
Graduação: 44%
Apresentação: garrafa de 700ml


Salinas

Curiosamente a Cachaça Salinas não é produzida naquela cidade, mas na vizinha Novorizonte-MG. Nem por isso deixa de possuir as melhores qualidades dos produtos que fizeram a fama daquela cidade.

A alma da cidade está no nome e no conteúdo.

Bebida levemente amarelada de sabor ácido e aroma adocicado. Quente e alcoólica, o que permanece é o sabor adocidado da pura cana.

——————————————————————————————————

Cor: amarelo claro
Viscosidade: média
Aroma: levemente adocicado
Sabor: suavemente ácido
Graduação: 42%
Apresentação: garrafas de vários tamanhos 600ml – 700ml – 300ml e 50ml

http://www.cachacasalinas.com.br/


Magnífica

Versão tradicional desta preciosa cachaça produzida na região serrana do Rio de Janeiro. Apesar de jovem, começou a ser produzida em 1997, já figura entre os melhores destilados em qualquer seleção que participe.

Descansada por dois anos em tonéis de Ipê, ela possui um sabor muito particular que muito me lembra o sabor das grappas italianas.

Por conta disso, a Magnífica é uma cachaça de sabor inigualável e que proporcional um prazer único na degustação.

——————————————————————————————————

Cor: amarelo claro
Viscosidade: média
Aroma: levemente amadeirado
Sabor: suavemente picante
Graduação: 45%
Apresentação: garrafa de 750ml

http://www.cachacamagnifica.com.br/


Ferreira Januária

Mais uma legítima representante da tradição de Januária – MG.

Uma cachaça com o puro  sabor da cana, leve e adocicada.

Levemente amarelada e sutilmente perfumada graças ao descanso em tonéis de umburana.

——————————————————————————————————

Cor: branca
Viscosidade: média
Aroma: levemente alcoólico
Sabor: neutro
Graduação: 42%
Apresentação: garrafa de 600ml


%d blogueiros gostam disto: