Arquivo do mês: setembro 2017

Linda

Linda

Contam que essa cachaça ganhou o nome depois que Pedro Conti encantou-se com a beleza desconcertante de uma mulher que viu passeando pela rua. A pedido do irmão e sócio Plínio, esboçou o desenho da musa que estamparia o rótulo da cachaça que em meados dos anos 1950 passaria a fazer parte do portfólio de produtos da Casa Di Conti.

Depois de muito tempo fora do mercado, ela foi relançada em edição numerada e limitada a 55 mil unidades.

A bebida é de um amarelo sutil. Apesar do envelhecimento em tonéis de carvalho, amburana e jequitibá-rosa seu aroma é neutro, mas suficiente para retirar acidez e conferir uma doçura agradável e um sabor levemente picante.


Cor: amarelo claro
Viscosidade: média
Aroma: neutro
Sabor: suavemente adocidado, levemente picante.
Madeira: carvalho, amburana e jequitibá-rosa
Graduação: 43,5%
Apresentação: garrafas de 750ml.

Casa Di Conti – Cândido Mota/SP
http://www.cachacalinda.com.br

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: