Arquivo do mês: março 2011

Gerais mineiro

Cachaça forte das terras altas de Montes Claros – MG, é bebida com 60 anos de tradição que impõe sua força e pede respeito.

Os três anos de repouso em tonéis de bálsamo lhe conferem cor e atenuam a rispidez da degustação.

Produzida pela Aguardente Santa Rosa era popularmente conhecida pelo mesmo nome. Foi rebatizada para evitar a confusão com outra bebida de mesmo nome produzida no Rio de Janeiro.


Cor: amarelo claro
Viscosidade: baixa
Aroma: alcoólico
Sabor: picante, levemente alcoólico
Graduação: 45%
Apresentação: garrafa de 700 ml

geraismineiro@bol.com.br


Maria da Cruz

Republico este post como uma justa homenagem à memória de José Alencar.

Cidadão, empresário, político e apreciador de cachaça que nos honrou com esta nobre bedida.

Que possa, onde estiver, brindar com amigos a vida pela qual lutou sem cessar.

Leia aqui o post original da cachaça Maria da Cruz.


Sabor de minas

Sabor de minas

O rótulo da cachaça Sabor de Minas possui um apelo tão clássico que é difícil acreditar que se trata de uma bebida que começou a ser produzida apenas em 2002.

Ele possui aquele popular estilo das fachadas e letreiros de restaurantes de comida tipicamente mineira.

Tudo isso evoca uma aura de respeito e tradição na hora de degustar seu líquido precioso.

E não decepciona, pois a bebida possui todas as características que fizeram a fama e conferem qualidade às melhores cachaças de Salinas/MG.

A Sabor de Minas é suave, levemente picante e quente. Seu particular envelhecimento em tonéis de bálsamo e jequitibá lhe dão um sabor picante que remotamente me lembrou cravos, mas pode ser apenas entusiasmo.

É uma excelente bebida para todas as ocasiões.


Cor: amarelo claro
Viscosidade: média
Aroma: levemente ácida e amadeirada
Sabor: suavemente picante, ácido e alcoólico
Madeira: blend (bálsamo e jequitibá)
Graduação: 42%
Apresentação: garrafa de 600 ml e diversos outros tamanhos

%d blogueiros gostam disto: