Arquivo do mês: abril 2011

Boavistense

Boavistense

Um dos grandes prazeres que se encontra ao degustar cachaças é que elas possuem um grau de aferição amplamente conhecido e podem ser encontradas em praticamente todos os cantos do país.

Isso nos abre um amplo leque de oportunidades de apreciar produtos diferentes e com qualidade assegurada.

A Cachaça Boavistente, artesanal como faz questão de destacar no nome, é um produto de sabor e qualidade que nada deixa a dever a outros produtos de marca e preço muito superiores.

Bebida leve e fácil de beber, algo adocicada, mas perfeita para aperitivos.

É produzida em quantidades limitadas  por Olivio Bassoli na cidade turística de Boa Vista da Aparecida, localizada às margens do lago de itaipu.

A Boavistense tem qualidades que lhe permite crescer em escala e abrangência, se mantidos os cuidados e atenção no seu preparo.


Cor: amarelo claro
Viscosidade: baixa
Aroma: levemente adocidado
Sabor: suavemente adocicado, algo amadeirado
Graduação: indeterminado
Apresentação: embalagens variadas

(45) 9128-6404


Bassi

A cachaça Bassi é apresentada em quatro composições: branca, descansada, envelhecida e canelinha.

A branca que serve de base para todas é cercada de cuidados e atenção em todo o processo de produção, resultado do carinho com que Paulo Bassi e seu filho elaboram este precioso líquido na fazenda Laranjinha em Santa Mariana – a meio caminho entre Londrina e Ourinhos.

O processo de destilação e filtragem proporciona pureza, suavidade e sabor comparável ao das melhores cachaças do mercado.

O envelhecimento é obtido pelo armazenamento em barris de carvalho durante dois anos o que lhe confere sabor e aroma marcadamente amadeirado.

Parte da produção é apenas descansada durante quatro meses em barris de carvalho, suficiente para eliminar o excesso de acidez, colorizar o líquido e torná-lo mais agradável ao paladar. De longe é a mais leve e saborosa versão da bebida com aroma agradavelmente cítrico. É quente e fácil de beber.

A cachaça canelinha é saborizada pela adição de ramos de canela no armazenamento.

A Bassi é mais um exemplo de que o Paraná começa a se destacar na produção de cachaças de qualidade.


Cor: amarelo esverdeado muito claro
Viscosidade: média
Aroma: levemente cítrico
Sabor: suavemente adocicado, levemente amadeirado
Graduação: 42%
Apresentação: garrafa de 700 ml e 1000ml.


Bocaina

Esta bebida é uma criação de seu Toninho, engenheiro mecânico que em 1980 começou a trabalhar com a produção de açúcar e álcool e em 1992 enveredou pela produção de cachaça.

Com a expertise adquirida desenvolveu parcerias com a Universidade Federal de Lavras que culminaram numa delicada combinação de tecnologias e práticas artesanais.

Desde 1993 segue aprimorando este produto extraído das canas da região da Serra da Bocaina, em Lavras, Sul de Minas Gerais e que depois de destilados descansam em tonéis de madeira até aquirir cor e sabor característicos.

O resultado é uma cachaça muito suave, fácil de beber e deliciosa de se provar.


Cor: amarelo muito claro, quase branca
Viscosidade: média
Aroma: levemente cítrico
Sabor: suavemente adocicado, levemente amadeirado
Graduação: 40%
Apresentação: garrafa de 700 ml e outros tamanhos.

http://www.cachacabocaina.com.br


%d blogueiros gostam disto: