Chico mineiro

Chico Mineiro

Não há roda de viola que não pontue a toada que celebrizou a dupla sertaneja Tonico & Tinoco. Chico, aqui mineiro pois melhor designa a região onde a lenda era narrada, seria o nome de um lendário boidadeiro cujas proezas eram transmitidas por gerações.

Ao lado da canção Menino da Porteira, são as canções mais conhecidas do grande público que enaltecem a figura do peão de boiadeiro.

Mas é em Chico Mineiro que toda a mística do peão se manifesta de forma mais intensa. O trabalho, a amizade, o companheirismo, a devoção à família e também os riscos e tragédias da profissão são ali cantados de forma rústica e poética.

Ao dar este nome a esta cachaça os produtores homenagearam todos os boiadeiros, mas principalmente João Xavier Borges, boiadeiro e depois fazendeiro que em 1922 iniciou timidamente a produção da cachaça cuja tradição se manifesta nesta garrafa.

É uma bebida forte, picante.

O repouso em tonéis de carvalho suavemente disfarça o aroma alcoólico e confere um perfume e sabor agradável.


Cor: branca sutilmente amarelada
Viscosidade: média
Aroma: levemente adocicado
Sabor: picante, sutilmente amadeirado
Madeira: carvalho
Graduação: 40%
Apresentação: garrafas de 50, 355, 600, 700 e 970 ml

http://www.cachacachicomineiro.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: